quinta-feira, agosto 19

Sao Francisco

Eu tenho tido varios problemas com a internet e o blog esta atrasadissimo! Ficamos tres dias em sao francisco - sem internet - quantas historias maravilhosas! Depois passamos pelo Vale do Napa, famoso pelos queijos e vinhos. Hoje estamos em Santa Cruz, onde encontramos um brasileiro que e amigo do amigo do amigo do Fernando...

Nosso hotel em Sao francisco era bem bonzinho, mas ficava a uma quadra da boa localizacao. Embaixo da nossa janela, dormiam varios sem teto, que gritavam, brigavam e brincavam. Minha sogra ate teve o des prazer de ver uma senhora fazendo xixi e coco na rua. sao francisco e conhecida pelo numero de sem teto ( por que o governo da dinheiro para eles, entao sem teto do pais inteiro vem pra ca)
Fabio e Fernando dormiam com tampoes de ouvido, gentilmente fornecidos pelo hotel. Eu, que tenho mais sorte, simplesmente virava minha orelha com defeito para cima e dormia feito um anjo.

Tinha uma loja da Walgreen perto do hotel e a noite, a gente passava por la, para comprar umas coisinhas basicas: agua, frutas, mais tampoes de ouvido. Logo na primeira noite eu notei um grandalhao esquisito, escondido atras de uma das prateleiras. Justo a prateleira onde as meninas estavam. Tirei as duas de la correndo. Pouco depois vejo o brutamontes escondido atras de outra prateleira. E outra. Meu sangue subiu e la fui eu tirar satisfacao:

- Ei! Voce esta me assustando.
ele pareceu bem confuso
- Voce esta me assustando, escondido atras das prateleiras desse jeito...
- Ah! Eu sou o seguranca daqui, estou aqui para a sua protecao

agora pensa um pouco: quem e o maluco que contrata um grandalhao mal encarado pra ficar escondido na loja, " protegendo" os clientes. So doido nesse pais.

Na noite seguinte, assim que eu cheguei, ele veio falar comigo:

- oi! Voce aqui de novo! Ainda estou te assustando ? Essa minha camisa amarela e assustadora?

Fingi que nao percebi que ele estava tirando sarro da minha cara.
Passou um pouquinho eu comecei a discutir com os meus sogros por que eu queria ir pro hotel de taxi, e os dois queriam andar. Fui la vers e conseguia um aliado de peso:

- Olha, minha familia quer ir pro hotel andando. Essa area e perigosa?
- Onde voces estao hospedados?
- 4 quadras daqui, naquela direcao - eu respondi
- Naquela direcao? Entao! Cada passo que voce da praquele lado, mais perigoso fica. Pega um taxi - sao so uns 5 dolares e vale a sua seguranca.
- Entao, eles nao querem. Querem fazer exercicio.
- Entao faz o senguinte: pega a sua faca ( e eu tenho cara de quem anda com faca???) e anda com ela aberta, pronta pra esburacar quem se aproximar de voces. nao tem erro. Mete a faca!

Tentei de todas as maneiras convencer os dois a ir de taxi. Eles me chamaram de cagona, de medrosa, de maria bundona. E fomos a pe. Com um fulano horroroso nos seguindo.

O pior de tudo ainda foi ter que ouvir:

- Inaie, anda mais de vagar, nesse passo a gente se cansa!!

Nem pensar. Ja que eu tive que ir a pe, fui o mais rapido possivel!!

Um comentário:

  1. Nossa, a violência é grande assim? Tipo Bronx? rsss

    Kisu!

    ResponderExcluir