domingo, junho 12

Mais um! Another one.




Hoje, dia dos namorados, acordei com beijos e cafunés, mas a minha alegria durou pouco.
A primeira coisa que o Fabio me contou foi sobre o massacre de Orlando.
50 pessoas foram mortas numa boate gay. Outros 50 estão feridos.
Por diferenças, ideológicas, religiosas ou morais, alguém se achou no direito de julgar e condenar essas pessoas á morte.
Pelo que contam, esse cara viu dois homens se beijando em público e ficou revoltado. Dois meses depois, ele entra numa boate onde as pessoas estão dançando, rindo, namorando e mete bala em todo mundo.
Não vou nem entrar no mérito da questão. Há uma insinuação intrinsica de que a "culpa"foi do casal que se beijou na frente do maluco. 
Meu estomago está embrulhado, meus olhos cheios de lágrimas.
Eu fico enojada em viver em um  mundo de intolerancia, de desrespeito e preconceito.
Um mundo onde a vitioma de estupro é questionada sobre suas roupas e seu comportamento. Onde homossexuais tem medo de sair nas ruas. Onde alguns extremistas se acham no direito de atacar quem tenha outras crenças religiosas. 
Não quero viver num mundo one os massacres são uma banalidade. Só mais uma pessoa que decide abrir fogo contra uns ou outros.
Uma hora dessas nós vamos ter que entender que só há uma saída. Aceitar as diferenças. Abraçar o desconhecido e mudar as coisas lá na raiz. Ensinar as crianças que você aprende com o outro, e se vocês forem iguais, haverá muito pouca troca, muito pouco a se esinar.

A mudança é para agora!! Você está fazendo a sua parte?

I wake up and the first thing I hear is about the massacre in Orlando. 50 people killed. Another 50 injured by a man who walked into a night club and opened fire.
His father said it was triggered by two men kissing in public a few months early. That seemed to have upset his son, who then retaliated shooting people who were out, having fun. Dancing, Laughing. Playing.
I feel sick.
I feel sick living in a world of intolerance, disrespect and false morals , where people think they are better than others. In a world where some people think they can be judge, jury and executor. When some believe they have the right to decide who lives and who dies. Where being different is a crime.
My heart is broken. Irreparably broken for living in a place where the rape victim is questioned about her clothes and behavior, where homosexuals need to constantly fear for their safety, where religious beliefs can trigger a shooter and race can determine your faith in life.
This is not the world I want to leave for my girls. This is not the world I want to live in.
When will we realize things need to change?
NOW! We need to change. We need to do something now.
What have YOU done to improve this world where we all live?
Do you recycle? Save water? Take reusable bags to the supermarket?
Well, I am afraid to say that's not enough. Not nearly enough!
We need to stand by the minorities side. Fight against discrimination, homophobia and prejudice. We need to do something - and we need to do it NOW!

sábado, março 12

Intoxicação alimentar / Food Poisoning

 
 
Fui ao Blue Wasabi ontem e tive uma intoxicação alimentar. Quando liguei lá para reclamar, a mocinha me disse que o menu especificamente diz que comida crua pode dar intoxicação.
Ela não gostou muito quando eu disse que ela poderia continuar essa conversa com o meu advogado...
O gerente veio. Pediu desculpas. Disse que vai checar as datas na cozinha, vai fazer uma nota dizendo que eu liguei. E já ia se despedindo quando eu disse que queria o meu dinheiro ...
de volta.
- Ahhh isso eu não posso fazer. Você tem que falar com o dono do estabelecimento...
Ai gente, que gracinha tudo isso!!!!



I went to Blue Wasabi yesterday and had the Salmon salad, beef and brocoli and the tempura.
I got food poisoning and spent the evening throwing up.
When I called the restaurant to let them know, the hostess told me there is adisclaimer on their menu, and its ays raw food can cause food poisoning... Charming!!
When I said she could continue the conversation with my lawyer, she called the manager who apologised, told me he was going to make a note, check th...
e kitchen and keep an eye on it. He was bidding hios fareweels when I said I wanted my money refunded.
- Ohhh... I can't do that. You need to talk to the owner.

WOW!! I am not asking to be compensated for the inconvenience. I am not asking them to pay for my meds. Or the time I wasted being sick after eating their food,
All I asked was not to be charged for the food that made me sick. And I could not get a straight answer... I am NOT IMPRESSED.

segunda-feira, março 7

Sonho de verão





Essa noite eu sonhei que estava com uma espinha no nariz. Há 30 anos não tenho espinhas, mas o sonho foi tão real, tão "vivo" que eu tinha certeza que ela ia estar lá quandoe u fosse me olhar no espelho.
Resumo do sonho - eu tinha uma espinha no nariz. Fim
Não teve enredo, não teve emoção, não teve ação. Éramos eu e a espinha.
Preciso conversar com o Dr Jung.

I had the strangest dream tonight.
I had a pimple on my nose. That was the whole dream. me and a pimple on my nose. A simple pimple.
No story, no feelings, just em and the pimple. A pimple so real I thought it would be there when I woke up and looked in the mirror.

I need a session with Dr Jung.

segunda-feira, setembro 28

Tabefe no cozinheiro / My first cook





A inspeção sanitária veio fazer sua primeira visita e tudo is muito bem. Estávamos recebendo muitos elogios...
De repente o cara vê um copo de café. Sem tampa. Na cozinha.
Infração feia.
Quando eu vejo o dito copo, nem penso, fecho a mão e tasco um murro no braço do cozinheiro, que olha pra mim com a cara mais assustada do mundo.
O inspetor imediatamente diz que não vai nos marcar, que está tudo em ordem, que é só a gente não fazer mais isso.
Não sei se ele ficou com medo que eu espancasse o cozinheiro quando ele fosse embora, ou se era só medo de levar uns tapas também.
Ganho meu A e o ionspetor vai embora.
O cozinheiro, um Mexicano grandão me fala -
- Você sabe que aquele café não é meu, né? É do treinador da franquia que está ajudando aqui essa semana.
- O café pode até não ser seu. Mas a cozinha é sua responsabilidade, portanto o tabefe foi merecido!

( e eu ia dizer o que???)


The health inspector came for the first visit afetr we opened the business and everything was going super well.
We received lots of compliments...until he saw an open cup of coffee on the bench. Serious violation.
My heart skip a beat and as a reflex I clinched my fist and hit the cook.
The cook - a big Mexican guy, just stared at me. I don;t think he believed what just happened.
I look at the inspector who quickly says -
I won't mark you down. Just don;t do it again.
I am not sure if he thought I would hit the cook harder after he left, or if he would be the next victim.
The inspector left, we got our A and the cook -
- You know that's not my coffee. It belongs to the guy from Corporate who is here helping us open...
- It may not be your coffee. But the kitchen is your responsibility, so you deserved the punch...

( what was I supposed to say?)

domingo, setembro 27

Saudade imensa! I miss you!



Não vou começar o post com desculpas, explicações e bla, bla, bla.
A verdade é que a saudade é grande e os amigos que eu fiz aqui são amigos prá vida toda, portanto estou tentando arrumar um jeitinho de voltar.

Ando ás mil voltas com a cozinha, e trago mil histórias de encontros e desencontros - principalmente com funcionários.

Algumas que me lembro de sopetão -

Meu cozinheiro - Ah!! É impossivel trabalhar com você. Você quer tudo do seu jeito...
( será que é por que a cozinha é minha??)

Outro cozinheiro - O que? Eu não vou fazer as fajitas assim não. Minha avó Mexicana vai sair do túmulo e me estapear!
Eu - Melhor você escolher. Tapa de vivo dói mais... ( e eu já estava com a mão preparada!)

Terceiro cozinheiro - Olha aqui o que está escrito no menu - 24 horas de antecedencias para os pedidos... e você fica aceitando pedido de ultima hora...
Eu - ahan. ( e nem expliquei. achei que esse tipo de comentário nao merecia IBOPE)

Cozinheiro qualquer - Assim não dá! Você deixa os clientes escolherem como eles querem a comida deles...
Eu - Lá vou eu por outro anúncio no jornal... Cozinheiro - PROCURA-SE

I will not start this post with apologies or reasons why I have been AWOL for so long.
The only thing that matters is how much I miss you and how happy I am to be back.
My kitchen is taking all my time, so most the stories I have to share are kitchen related.
A year ago I could not fry an egg and would happily remodel my kitchen and turn it into another living area - it would be far more usable in my house.
Twelve months later and I am catering for 200 people - ALONE.
Why?
Because my gorgeous, favorite chef moved out of town and since then I had 9 cooks in 2 months. Two resigned. The others I had to let go for different reasons.

A few interactions that come to my mind - 
cook - It's impossible to work wit you! Youw ant it all your way...
Maybe it's because it is MY kitchen??

Another cook - I won't make the Fajitas the way you want me to. My dead grandma will get up from her grave and slap me.
Think long and carefully. Slaps from feisty Brazilian women tend to hurt more.

A third cook - Read your menu. It says clients need to order 24 hours priot to the event - and you keep accepting same day orders...
I did not even bother replying...

Same guy - I can not believe it! You let the cliend decide how they want the food they will eat!!
Thinking to myself - here I go... newspaper add, interviews, all over again...




sexta-feira, junho 5

Conversa informativa / Revealing Chat

Eu estava conversando com um funcionário outro dia e ele -
- Minha namorada já foi á Italia.
- mmmmm
- Tem um lugar lá, onde as paredes sao pintadas com ouro. Ouro de verdade mesmo.
- mmmmm
- É o Coliseu!!

Fiquei tão desorientada que nem tive coragem de responder. Nota mental - arranjar aulas de história e arquitetura para os funcionários.


+++++++++++++++++++++

I was talking with an employee another day and he said -
- My girlfriend has been to Italy.
- mmmm
- There is a place there where the walls are decorated with gold.
- mmmmm
- It is the Coliseum!!

I was lost for words. Mental note - get employees into history classes.

domingo, abril 5

ORGULHO! I AM PROUD

ORGULHO TOTAL - Quando uma pessoa com quem você tem relações estritamente profissionais te manda um e mail falando de um projeto e termina com - por favor me avise se você tiver alguma dúvida, questionamento, insulto ou loucura brasileira, pra acrescentar é só me avisar.
Otimo quando as pessoas te conhecem tão bem...



PROUD MOMENT - when a business associate sends me an e mail discussing business then says -
please let me know if you have any questions, concerns, insults or Brazilian craziness to add.
Great to work with people that knows you well...