segunda-feira, julho 16

Burma/ Myanmar


Estou querendo ir para Burma. Ou pra Myanmar. Mas "péra" aí - é Burma ou é Myanmar?
Myanmar já foi Burma que já foi a Birmânia.
O país fica na Ásia, faz fronteira com a Índia, Bangladesh, China, Laos e a Tailândia e tem 676 km2. Esse país ( de que eu tinha ouvido falar tão pouco)  é o 40' maior país do mundo e o 2' da Ásia. Ele também é o 24' mais populoso, com mais de 60 milhões de habitantes.
O país também é recordista em tristezas. Há denuncias de tráfico humano, trabalho infantil, e embora Burma tenha grandes riquesas naturais, ele é também um dos países menos desenvolvidos e um dos que tem o pior sistema de saúde do mundo.
Que triste!
Mas qual é a história da mudança de nome?
Hoje Myanmar é o nome reconhecido pela ONU e pelos Estados Unidos, embora por vários anos vários países não tenham reconhecido a troca de nome ( Burma para Myanmar) em  repúdio á ditadura militar vigente.
O país hoje passa por uma transição política e a abertura começa a tomar espaço. Apesar de ainda ser um país pouco visitado, turistas começam a  se aventurar por aquelas bandas. E aos poucos, os vistos vão sendo aprovados.
Já pedi o meu, se der tudo certo, vou para lá em breve. Me aguardem!!

I want to go to Burma. Or to Myanmar. Hold on for a minute  - is it Burma or Myanmar?
This Asian country, bordering India, Bangladesh, China, Laos and Thailand is 676 km2, making it  the 40th world's largest country and the 2nd largest in Asia. It is also the 24th most populous, with more than 60 million inhabitants.
But it is not all good news coming from Burma.The place has some sad stories to tell. There are allegations of human trafficking, child labor, and although the country has great natural resources, it is one of the least developed  countries in the world and has one of  the worst health systems in the globe.
But what is the story about the country's name?
Today Myanmar is the official name, recognized by the UN and the United States, although for several years many countries have not recognized the change of name (from Burma to Myanmar) as a sign of repudiation to it's military dictatorship.
The country is undergoing a political transition and one can see some changes in the borders. Known for being one of the most closed countries, it is slowly opening up for tourism. 

I have already requested my visa, it is supposed to be ready soon. All working well, i will be there soon!

7 comentários:

  1. Inaie,quais os atrativos turisticos de Burma ou Myanmar? Onde voce o descobriu? Como está sendo sua experiência como a descobridora dos "sete mares"?Ah se seus amigos pudessem naquela época imaginar os rumos que tomariam sua vida!Eu que sempre sonhei alto para voce nunca cheguei nem perto de sua realidade hoje! Boa viagem e lindas descobertas para voce! Inté! cirlei

    ResponderExcluir
  2. Fico imaginando, como está se viver por esses países árabes, onde vêem ocorrendo tantas mudanças sociais e políticas. Para você, deve ser uma grande e deliciosa aventura.
    Faça bom proveito, dessa viagem!
    Um abraço, da Lúcua.

    ResponderExcluir
  3. Obaaaa.....vou adorar acompanhar!! beijos

    ResponderExcluir
  4. Inaie, daqui de Taubaté por intermédio da amiga, estou conhecendo lugares que nunca imaginei conhecer.
    Myanmar, sua vida e seus costumes me deixam muito curioso. Tomara que de certo.
    Um abração
    Manoel

    ResponderExcluir
  5. Oi Inaie. Que bela escolha!
    O que me surpreendeu em seu post foi a mudança de nomes (Eu ainda achava que se chamava Birmânia) e que os EUA, que se julga o paladino da democracia no mundo, tenha uma relação amistosa e de reconhecimento a um governo ditatorial.
    Beijos e boa sorte!
    Fiquei encantada com a foto!

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que paisagem linda!

    Kisu!

    ResponderExcluir