sexta-feira, junho 17

So em Portugues...

A coisa aqui esta dificil, esta complicada. Me sinto como se eu estivesse presenciando a ditadura militar no Brasil. Presenciando, por que os expatriados vivem numa certa redoma, numa aura protegida.

Muitos dos meus amigos estao indo embora.Bahrain nao e mais o mesmo.

Ha medo, ha conversas baixinhas em todos os cantos.Ninguem se atreve a falar em politica. Tomar partido e um crime.

A vida nao e a mesma, embora seja a mesma.

Eu nao tenho medo, mas tenho pena.

Ha punicoes em todos os cantos. Pena de morte aqui, demissoes ali, expulsoes acola. ninguem esta a salvo. Nao, espere um pouco, os expatriados estao bem na cena. E os de direita tambem.

Assistimos a tudo como se fosse um programa de TV. O nosso estomago embrulha, mas nao temos acesso as solucoes. Nao ha como ajudar.

Uma palavra amiga aqui, um cafune ali.Todo mundo tenso, todo mundo querendo chutar o pau da barraca, mas se a tenda cair, ninguem mais vai poder fazer nada, nem o trabalho de formiguinha que esta rolando hoje.

A verdade e que o pais esta perdido, sem rumo. Todo mundo esperando pelo dia 1 de Julho, quando as negociacoes vao comecar, quando (dizem) que as coisas vao entrar nos eixos, quando todo mundo vai ter seu lugar ao sol!

Que venha 1 de julho - e que o sol brilhe para todos!!!!

12 comentários:

  1. Que pena isso,não? Tomara mude!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Pensei que as coisas estivessem mais calmas aí.
    Meu amigo não falou mais sobre protestos ou conflitos.

    Hmmm... Fiquei preocupada agora. Que Deus ajude a todos.

    *Ahh sobre seu comentário, achei interessante as casas serem quadradas devido quase não chover e já quis pintar meu cabelo de verde haha...

    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Nossa, tomara que as coisas melhorem por aí, impossível viver com uma situação assim!
    Bjus, força e fé!

    ResponderExcluir
  4. Que venha a harmonia!
    Triste presenciar a insegurança geral e não ter o que fazer...
    um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  5. Espero que as coisas melhorem, como é horrivel vivermos assim preocupados com o que possa contecer.
    bjuss

    ResponderExcluir
  6. Apesar da segurança dos estrangeiros deve ser difícil ver o mundo do #lado de fora#.
    Torço para que as pessoas acertem o passo e voltem a ser felizes.

    ResponderExcluir
  7. Perguntei meu amigo como estão as coisas por aí, ele que mora em Al Manama, disse que está meio tenso mesmo.

    É uma pena... Que Deus os ajude.

    A paz

    ResponderExcluir
  8. Fé em Deus que isso vai mudar mesmo!

    Mas não me conformo é a mídia ocidental fechar os olhos para o que acontece aí! São raríssimas as notícias sobre Bahrain, Qatar, Kuwait, Arábia Saudita...em compensação, a Líbia é a bola da vez!

    Obama discursando sobre Oriente Médio e não falando um A da Arábia Saudita, é rir pra não chorar!

    Falando dela e dos Emirados Árabes, as tropas se retiraram ou ainda estão aí?

    ResponderExcluir
  9. É Preciso entender que reformas são necessárias, mas os donos do poder de hoje sabem que, se derrubados, será uma ditadura da oposição (qualquer que seja ela). As mudanças deveriam ter sido implementadas nos anos. A solução? Esperar pelo 1º de Julho e rezar.

    ResponderExcluir
  10. É, Inaie, a história nos ensinou que uma ditadura não acaba sem ser de forma que envolva toda a população. Quando se dá no nível diplomático/militar, normalmente troca-se uma por outra. O Brasil levou entre a proclamação da república no século xix e a redomocratização em 1985, muitos solavancos entre uma ditadura e outra. Só depois que o povão se mexeu pra valer é que as coisas entraram nos eixos. Desejo que tudo se encaminhe da melhor forma por ai, sem derramamento de sangue. Meu abraço, muita paz e muito bem.

    ResponderExcluir
  11. Nossa, Inaie...qdo a coisa chega nesse ponto, dá uma tristeza, uma insegurança, medo... uma aflição.
    complicado viver assim... nessa pressão toda, imagino o que vc deve estar vivendo.

    desejo que tudo melhore por ai, que as coisas fiquem um pouco mais leves pra vc.

    bjs e te desejo sorte!

    ResponderExcluir
  12. Nossa amiga, eu sempre penso em vc... mas sempre penso que está bem sim. Vc é tão esguia pra essas coisas... Passa uns perrengues em tdo quanto é lugar, mas acho que vc e sua família é tão abençoada por estarem bem (nao digo psicologicamente), mas de qq forma, sempre penso positivamente em vcs ai.

    Kisu!

    ResponderExcluir